top of page
  • Foto do escritorCristina Magalhães

Carreira em Edição e Revisão de Textos em Inglês – Guia Completo

Atualizado: 2 de mai. de 2023



Estás a considerar uma carreira em revisão e edição de texto em inglês, mas não tens ideia por onde começar ou se essa seria uma boa escolha para ti.


Para responder a algumas das tuas perguntas, criei este guia que aborda os principais temas relacionados com uma carreira em edição de texto: formação, marketing, clientes, preços, entre outros.


Decidi começar por explicar os diferentes níveis de edição, pois é algo que muitas pessoas não sabem que existe.


Os diferentes níveis de edição

Antes de mais nada, precisas de compreender o que implica cada nível diferente de edição. E isto é importante porque vai influenciar as tuas decisões em termos de formação. Podes fazer formação em apenas uma destas áreas, em algumas, ou em todas. A escolha é tua.


Em alguns casos vou usar os termos em inglês pois não tenho conhecimento que exista equivalente em português.


Revisão (Proofreading)

A revisão é o último estágio antes de um texto ser publicado. O texto é verificado por um revisor que irá verificar erros técnicos (gramática, pontuação, etc.) e de formatação. O revisor só muda o que está definitivamente errado e nada mais.


Edição (Copyediting)

Este estágio de edição ocorre antes da revisão e é levado a cabo pelo editor. O editor verifica a gramática, a ortografia e a pontuação em detalhe e pode fazer alterações de melhoria do texto. Também é responsável por criar uma folha de estilo onde irá apontar todas as opções de estilo que tenha feito durante a edição. O revisor irá depois seguir este documento.


Stylistic editing/Line editing

O stylistic editor edita o texto em termos de fluidez, coerência, tom e voz. Ele também assegura que o texto está estruturado logicamente e que os elementos visuais estão colocados no lugar correto.


Este tipo de edição não inclui verificação de erros técnicos de linguagem. Porém, na prática, muitas vezes é realizada ao mesmo tempo que o copyediting.

Developmental editing

O developmental editing é o primeiro estágio da edição de um texto. O editor verifica a estrutura do texto e avalia se as diferentes secções fluem de uma forma coerente e lógica. Ele pode recomendar que certas partes do texto sejam apagadas ou que seja adicionado mais conteúdo. Também pode ser necessário apresentar certo conteúdo de uma forma diferente.

Formação de Base

Se queres vir a ser um revisor ou editor, formação é essencial. Vou partilhar a seguir várias opções de formação online, quer de universidades, quer de associações profissionais.


Formação em revisão e edição – Reino Unido

De seguida uma lista com alguns dos cursos de instituições de prestígio no Reino Unido que estão disponíveis online.


PTC (Publishing Training Centre)

O PTC tem uma grande variedade de cursos disponíveis (de curta e longa duração) relacionados com o mundo editorial. Em termos de edição e revisão, podes te inscrever em

Essential Proofreading: Editorial Skills One, Essential Copy-Editing: Editorial Skills Two e, se quiseres aprender técnicas de edição avançadas, Rewriting and Substantive Editing (Non-Fiction). Acede ao site do PTC e vê todas as opções de formação disponíveis.


CIEP (Chartered Institute of Editing and Proofreading)

O CIEP (ex-SfEP) é uma associação profissional que disponibiliza aos seus membros recursos úteis, permitindo-lhes manterem-se atualizados. Também oferece cursos relacionados com edição, incluindo revisão e edição de texto.


O CIEP oferece formação em revisão através de um conjunto de três cursos: Proofreading 1: Introduction, Proofreading 2: Headway and Proofreading 3: Progress. Este último dá acesso ao esquema de mentoria.


O mesmo acontece com os curso de revisão: Copyediting 1: Introduction, Copyediting 2: Headway e Copyediting 3: Progress.


Para veres todos os cursos que estão disponíveis acede ao site do CIEP.


Formação em revisão e edição – EU & Canadá

Se preferes um curso de uma organização americana, vê a minha lista abaixo.


EFA (Editorial Freelancers Association)

A EFA tem um vasto catálogo de cursos online e webinars. Alguns cursos online são assíncronos, o que significa que os alunos recebem todos os materiais de uma vez e estudam ao seu próprio ritmo. Noutros casos, os alunos têm que aceder a uma plataforma em determinadas datas para completar o curso, tendo a orientação de um formador. A EFA também fornece webinars, ao vivo e gravados.


Aconselho a que verifiques quais cursos da EFA estão ativos, mas geralmente consegues encontrar formação disponível em Developmental Editing, Copyediting, Line Editing e Proofreading.


ACES (The American Copy Editors Society)

A ACES fez parceria com o The Poynter Institute para oferecer um Certificado em Edição e um Programa de Certificação em Edição Avançada. Podes encontrar todos os detalhes sobre estes certificados no site da ACES.


Queen's University

A Queen's University oferece um Certificado (Professional Editing Standards Certificate) que é composto por cinco cursos:

  • Fundamentals of Editing Standards

  • Proofreading Standards

  • Copyediting Standards

  • Copyediting Standards 2

  • Structural Editing Standards

You'll need to complete them all successfully to gain access to the certificate. You'll have the support of a tutor throughout the course you are completing.


These courses run on specific dates. To find out the next available date, check the page of each course.


UC Berkeley Extension

A UC Berkeley Extension tem disponível formação em edição, Professional Sequence in Editing. Tens que concluir quatro cursos numa ordem predeterminada para receber o Certificado de Conclusão. Os cursos são os seguintes:

  • Grammar, mechanics, and usage for editors

  • Editorial Workshop I: Introduction to Copyediting

  • Editorial Workshop II: Intermediate Copyediting

  • Advanced Editorial Workshop

Tens que obter pelo menos um C em cada curso para ter acesso ao certificado.

Formação complementar e contínua

Já falamos sobre a formação de base, mas um editor ou revisor não trabalha com todos os tipos de texto. Portanto, dependendo do tipo de especialização que pretendes, provavelmente precisarás de formação complementar.


Podes especializar-te em ficção ou não-ficção, textos académicos, textos de marketing e corporativos, artigos técnicos, etc.


Ao longo da tua carreira, também vais precisar de investir em formação contínua para te manteres atualizado. A formação contínua pode assumir a forma de participação em cursos de curta duração ou conferências, por exemplo.


Associações profissionais

Seres membro de uma associações profissional é uma boa forma de te manteres atualizado, ter acesso a formação e conhecer outros profissionais.


Muitas associações têm grupos que se reúnem por video chamada. Todas as semanas discutem um assunto diferente. É uma excelente opção para aprender coisas novas e conhecer novos colegas.


Tipos de clientes e onde encontrá-los

O teu cliente ideal dependerá de tua especialização. E diferentes clientes estão presentes em diferentes plataformas.


Autores independentes podem fazer parte de grupos do Facebook ou do Goodreads. Muitos empresários têm um perfil no LinkedIn, então pode ser útil fazer publicações nesta rede social. Pode entrar em contato com universidades se os teus clientes-alvo forem estudantes. Se pretendes trabalhar para editoras tradicionais, envia-lhes o teu CV por e-mail.


Marketing

O marketing faz parte de qualquer negócio, quer gostes ou não. Se realmente odeias tratar do marketing, a tua melhor aposta é trabalhar para uma editora, agência ou como funcionário.


É importante que faças alguma formação em marketing caso não tenhas nenhum conhecimento da área. Caso contrário, vais estar a perder tempo com ações que não vão funcionar.


Pode começar a promover o teu negócio de edição ou revisão através de um site simples ou pelo menos um perfil no Facebook ou LinkedIn, por exemplo. Para algo mais avançado, podes tentar anúncios pagos.


Aproveita todas as oportunidades que tiveres para promover o teu negócio, entre amigos, vizinhos ou ex-colegas.


Software de Edição

Somos humanos. Não podemos evitar todos os erros. Mas existem vários softwares que podem nos ajudar a chegar mais perto da perfeição.


Grammarly – alguns editores odeiam, mas acho que é útil. Mesmo que só evite um erro, na minha opinião vale a pena. No entanto, não podes simplesmente aceitar todas as sugestões. Tens que verificar cada uma delas e ver se realmente é um erro.


PerfectIt – este software irá ajudar-te a impor as regras do guia de estilo em todo o documento que estás a editar. Também destaca inconsistências e palavras erradas.


Preços

O preço é sempre uma questão difícil. "Quanto devo cobrar pelos meus serviços de edição e revisão?" podes estar a perguntar-te. Ninguém pode responder a isso por ti.


As associações profissionais costumam ter uma tabela com valores mínimos que podes usar como referência. Mas dependendo da tua localização, tipo de cliente, anos de experiência e outros fatores, esses valores podem ser muito altos ou muito baixos.


Tens que avaliar quanto precisas de ganhar para ter uma vida confortável e analisar se isso será aceitável para os teus potenciais clientes.


Final words

Espero que agora te sintas mais esclarecido sobre uma carreira em edição e revisão em inglês. Lembra-te de que implica bastante formação, principalmente se vens de uma área diferente, e que levará tempo algum para encontrares os teus primeiros trabalhos.


Se tiveres alguma dúvida, estás à vontade para deixá-la na seção de comentários.

Comments


bottom of page